Ir para o conteúdo
Início > Publicações

Dia Mundial da Saúde 2020

Informação
Na sequência da pandemia pelo COVID-19, esta atividade encontra-se suspensa, nos termos propostos. Porém, o Conselho Nacional de Saúde agradece às escolas que já tinham promovido debates o envio das respetivas súmulas a este Conselho, por e-mail.

Convida-se igualmente à adesão e participação na iniciativa agora adaptada ao contexto da pandemia por COVID-19, cuja informação pode ser consultada aqui.

Entre as competências do Conselho Nacional de Saúde (CNS), consta a colaboração na preparação e realização dos debates a propósito do Dia Mundial da Saúde. O CNS alia-se às comemorações deste dia, organizadas pelo Ministério da Saúde.

Sobre o Dia Mundial da Saúde

O Dia Mundial da Saúde é celebrado anualmente a 7 de abril. A data foi escolhida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1948, aquando da organização da primeira assembleia da OMS. Este dia é celebrado desde 1950.

DIA MUNDIAL DA SAÚDE 2020: Uma Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década (2020-30)

A iniciativa DIA MUNDIAL DA SAÚDE 2020: Uma Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década (2020-30), promovida pelo Conselho Nacional de Saúde, em colaboração com outras entidades do Ministério da Saúde, Ministério da Educação, Conselho Nacional de Juventude e parceiros sociais, visa promover o envolvimento das crianças e jovens em Portugal nos debates sobre a sua saúde e bem-estar físico e mental, no âmbito das comemorações daquela efeméride, em 2020.

Qual é o objetivo da iniciativa?

A iniciativa DIA MUNDIAL DA SAÚDE 2020: Uma Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década (2020-30) – daqui em diante designada por “a iniciativa”, pretende contribuir para a consciencialização das crianças e jovens, dos 5 aos 25 anos, acerca dos seus direitos e responsabilidades quanto à sua saúde e bem-estar físico e mental, incluindo o direito de participar ativamente no debate social e na definição das políticas de saúde que lhes dizem diretamente respeito.

Para ajudar a guiar a reflexão, o Conselho Nacional de Saúde propõe intervenções dirigidas às crianças e aos jovens adaptadas às diferentes faixas etárias e etapas do desenvolvimento. Adicionalmente, para ajudar a enquadrar a saúde das crianças e jovens em Portugal, o Conselho Nacional de Saúde, juntamente com os parceiros da iniciativa, elaborou um conjunto de cartões informativos (flashcards), dirigidos às diferentes idades, e que versam temas diversos, como a alimentação, a atividade física, a saúde e bem-estar mental, a saúde oral, o abuso de substâncias, o acesso a cuidados de saúde, saúde ambiental, etc.

Quem pode participar?

Podem participar todas as escolas interessadas, desde a educação pré-escolar ao ensino superior, sejam elas do setor público, privado ou social, bem como os diversos parceiros sociais que queiram apresentar ao Conselho Nacional de Saúde projetos em curso que tenham como objetivo promover a literacia em saúde e a participação dos mais novos nas políticas de saúde que lhes sejam dirigidas. E, ainda, todas as crianças e jovens que queiram individualmente fazer chegar os seus contributos ao Conselho Nacional de Saúde, através do preenchimento de um formulário online, dedicado a esta iniciativa.

Educação pré-escolar

A nível da educação pré-escolar o objetivo é promover a literacia em saúde das crianças, utilizando uma linguagem adequada à idade, com o objetivo de as sensibilizar para a importância da saúde, traduzida em pequenos gestos e comportamentos que devem integrar as suas rotinas (e.x: dormir bem, escovar os dentes, lavar as mãos). A intervenção a nível do pré-escolar poderá envolver a intervenção dos encarregados de educação, em casa, e, em contexto escolar, dos educadores do pré-escolar, podendo ser usados, para este efeito, os cartões informativos dirigidos a esta faixa etária.

Nas Escolas: do 2º ciclo ao ensino secundário

Em contexto escolar, a implementação do projeto centra-se na promoção de debates, nos quais os alunos, em articulação com os professores e com os profissionais de Saúde Escolar, serão convidados a refletir sobre e debater as seguintes questões:

  • O que posso fazer pela minha saúde e bem-estar?
  • O que podem os políticos/o Estado/a comunidade fazer pela nossa saúde e bem-estar?
  • Quais são as minhas preocupações e prioridades para a saúde e bem-estar, nos próximos 10 anos?

Durante o processo de preparação, as escolas e parceiros serão desafiados no sentido de mobilizar e otimizar diversas Estratégias, Programas Nacionais e recursos que têm vindo a ser postos em prática. Do trabalho desenvolvido em cada escola, durante a fase preparatória, sairão reflexões e contributos que serão debatidos, internamente e em simultâneo, em todas as escolas, no dia 25 de março, da parte da manhã. Da parte da tarde, será organizado um debate inter-escolas, em local a definir, com a presença de representantes do Conselho Nacional de Saúde, das entidades parceiras envolvidas no projeto e de responsáveis políticos.

As escolas interessadas em participar na iniciativa, deverão preencher o Formulário de Inscrição para as Escolas.

Cada escola deverá remeter ao Conselho Nacional de Saúde uma síntese das ideias e conclusões do debate que promoveram, para que estes contributos possam servir de base à elaboração de uma carta de intenções da juventude sobre a saúde, que espelhe as suas opiniões, necessidades e prioridades, permitindo criar a Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década: 2020-30.

As sínteses dos debates deverão ser remetidas para o email geral.cns@cns.min-saude.pt, até às 18:00h do dia 31 de março de 2020, com o assunto: “Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década”.

Consulte aqui o Guia para as Escolas: apresentação web ou versão PDF (para download e impressão)

Ensino Superior e jovens até aos 25 anos

Os alunos do ensino superior e jovens até aos 25 anos poderão também fazer chegar ao Conselho Nacional de Saúde as suas ideias e propostas de políticas de saúde que lhes são dirigidas. Para o efeito, poderão enviar os seus contributos através do preenchimento do seguinte formulário online:

Formulário de recolha de contributos, dirigido a jovens até aos 25 anos, para a elaboração da “Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década (2020-2030)”

Parceiros sociais

Todas as organizações, do setor público, privado e social, que desejem aliar-se à iniciativa e dar a conhecer os seus projetos na área da promoção da participação dos mais novos nas políticas de saúde, poderão remeter informação sobre estes projetos ao Conselho Nacional de Saúde, enviando um resumo das mesmas, até ao dia 20 de março de 2020, para o email geral.cns@cns.min-saude.pt, para que possam ser divulgados no site do CNS.

É disponibilizado acesso a alguma informação adicional?

O Conselho Nacional de Saúde e parceiros elaboraram cartões informativos (flashcards), que ajudam a caracterizar o atual estado de saúde e bem-estar das crianças e jovens em Portugal, podendo esta informação auxiliar na contextualização dos debates.

Adicionalmente, o Conselho Nacional de Saúde disponibiliza acesso aos seguintes relatórios, que resultam do trabalho desenvolvido pelo Conselho em 2018 e 2019 e permitem obter informação sobre a saúde e bem-estar físico e mental das crianças e jovens em Portugal:
. Gerações Mais Saudáveis – Políticas Públicas de Promoção da Saúde das Crianças e Jovens em Portugal
. Sem Mais Tempo a Perder: Saúde Mental em Portugal – Um desafio para a próxima década

Como apoio complementar, recomendamos a consulta do Portal da Juventude, do Instituto Português do Desporto e Juventude, onde são disponibilizados diversos conteúdos sobre Saúde e Bem-estar, dirigidos aos jovens.

O que é a Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década (2020-30)?

A Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década (2020-2030) é uma carta de intenções da juventude para a saúde, até 2030, que visa espelhar as suas opiniões, necessidades e prioridades. Este documento vai ser elaborado a partir das várias sínteses dos debates ocorridos nas escolas, mas também da auscultação aos vários jovens que queiram participar na iniciativa e queiram deixar os seus contributos via formulário online.

Prevê-se a apresentação pública do primeiro rascunho da Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década no Dia Mundial da Saúde (7 de abril), devendo a sua formulação final ser, posteriormente, entregue ao Governo e à Assembleia da República, procurando apoiar a elaboração e planeamento de medidas e políticas, na área da saúde, que sejam dirigidas às crianças e aos jovens.

Quem são os parceiros desta iniciativa?

A iniciativa partiu do Conselho Nacional de Saúde e das várias entidades que compõem o Conselho (consultar aqui composição do CNS) e abrange diversos parceiros:

Qualquer instituição pode aliar-se à iniciativa. Quantos mais, melhor, já que a participação dos mais novos nas políticas de saúde é um assunto que diz respeito a todos. Potenciais parceiros interessados poderão contactar o Conselho Nacional de Saúde através do email geral.cns@cns.min-saude.pt.

Quais são os prazos mais importantes a ter em mente?
  • 2.º período do ano escolar de 2019/2020: início do projeto nas escolas
  • 20 de março de 2020: Data limite para o envio de projetos dos parceiros sociais
  • 25 de março de 2020: debates nas escolas (manhã); debate inter-escolas (à tarde), com a participação de todos os parceiros
  • 31 de março de 2020: envio, pelas escolas, das sínteses para o email geral.cns@cns.min-saude.pt, até às 18:00h, devendo constar do assunto “Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década” e receção de contributos dos jovens por formulário eletrónico
  • 7 de abril de 2020: apresentação pública da primeira versão da Agenda da Juventude para a Saúde na próxima década (2020-2030)
imagem do post do Dia Mundial da Saúde 2020