Ir para o conteúdo
Início > Notícias

CNS e DGE desafiam crianças e jovens a construir uma agenda da juventude para a saúde

imagem do post do CNS e DGE desafiam crianças e jovens a construir uma agenda da juventude para a saúde

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) e a Direção-Geral da Educação (DGE), em parceria, vão promover, durante o ano letivo 2020/2021, a iniciativa Agenda da Juventude para a Saúde na Próxima Década 2020-2030, que visa envolver as crianças e os jovens em debates participados sobre a sua saúde e bem-estar e as políticas que lhes são dirigidas, nesta área.

Os contributos recolhidos vão apoiar a construção de uma Agenda da Juventude para a Saúde na década 2020-2030, pretendendo-se ainda que sejam úteis ao processo de planeamento em saúde e construção do Plano Nacional de Saúde 2021-2030.

O CNS e a DGE defendem a importância de se promoverem oportunidades de auscultação como esta, identificando as necessidades, expetativas e prioridades das crianças e dos jovens, uma vez que estes grupos populacionais têm sido pouco consultados nas políticas, no planeamento e na tomada de decisões que lhes dizem respeito.

Segundo as Nações Unidas, os países devem promover e assegurar “a plena concretização de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais para os jovens, capacitando-os a contribuírem como membros ativos da sociedade para o desenvolvimento político, cívico, económico, social e cultural dos seus países” (Resolução A/HRC/RES/35/14 das Nações Unidas).

O CNS e a DGE sugerem que os debates arranquem, nas escolas, durante novembro de 2020. Os contributos escritos que decorrerão destes trabalhos poderão ser enviados ao CNS até ao dia 24 de março de 2021 (último dia de aulas do 2.º período ), para o e-mail geral.cns@cns.min-saude.pt.

No âmbito destes debates, o CNS e a DGE convidam a escolas a refletirem sobre as seguintes questões:

  1. Quais são para ti as prioridades e as políticas para uma melhor saúde e bem-estar das crianças e dos jovens, para os próximos 10 anos, em Portugal?
  2. Na tua opinião, como pensas que as crianças e os jovens podem contribuir para o processo de definição das prioridades e políticas de saúde que indicaste na questão 1?
  3. O que consideras que os políticos, o Estado e a comunidade podem fazer para apoiar o envolvimento dos jovens no processo de definição das prioridades e políticas de saúde indicadas na questão 1?

Webinars

No âmbito desta iniciativa, serão ainda promovidos webinars temáticos, entre os dias 6 e 9 de abril, das 10h30 às 12h, no qual os alunos debaterão as respostas às três questões no contexto das áreas referidas.

6 de abril (10h30-12h)
👉 𝗦𝗮𝘂́𝗱𝗲 𝗺𝗲𝗻𝘁𝗮𝗹: 𝘀𝗲𝗶 𝗿𝗲𝗰𝗼𝗻𝗵𝗲𝗰𝗲𝗿? ➡️🔗 https://youtu.be/hIDH9gMPkHM
.
🗓 7 de abril (10h30-12h)
👉 𝗖𝘆𝗯𝗲𝗿𝗯𝘂𝗹𝗹𝘆𝗶𝗻𝗴: 𝗲𝘀𝘁𝗲 𝗽𝗿𝗼𝗯𝗹𝗲𝗺𝗮 𝗲́ 𝗺𝗲𝘂? ➡️🔗 https://youtu.be/U7ldB2qFcnE
.
🗓 8 de abril (10h30-12h)
👉 𝗔 𝘀𝘂𝘀𝘁𝗲𝗻𝘁𝗮𝗯𝗶𝗹𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲: 𝘂𝘀𝗮𝗿 𝗼 𝗽𝗿𝗲𝘀𝗲𝗻𝘁𝗲 𝘀𝗲𝗺 𝗰𝗼𝗺𝗽𝗿𝗼𝗺𝗲𝘁𝗲𝗿 𝗼 𝗳𝘂𝘁𝘂𝗿𝗼 ➡️🔗 https://youtu.be/8huaD4mxzMA
.
🗓 9 de abril (10h30-12h)
👉 𝗔𝘁𝗶𝘃𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲 𝗳𝗶́𝘀𝗶𝗰𝗮 𝗲 𝗮𝗹𝗶𝗺𝗲𝗻𝘁𝗮𝗰̧𝗮̃𝗼: 𝗰𝗼𝗺𝗼 𝗴𝗲𝗿𝗶𝗿 𝗼 𝗺𝗲𝘂 𝗰𝗼𝗿𝗽𝗼? ➡️🔗 https://youtu.be/IlTPdvFtw8U

Outras iniciativas no âmbito da Agenda da Juventude para a Saúde

Fora do contexto escolar, o CNS disponibiliza ainda um questionário online, através do qual todos os jovens, até aos 25 anos, poderão também dar os seus contributos individuais no âmbito desta iniciativa e apoiar, assim, a construção da referida Agenda.

Adicionalmente, e em articulação com a Federação Nacional das Associações Juvenis, o CNS promoveu grupos focais com jovens entre os 18 e os 25 anos para recolher, de forma mais estruturada, as suas perceções sobre a sua saúde e bem-estar e estratégias para o seu envolvimento nas políticas e decisões em saúde.

Os resultados desta iniciativa serão tornados públicos no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Saúde, em 2021, que se assinala a 7 de abril, e serão discutidos em sessão de debate, em data a determinar, com a participação das crianças e jovens e de todos os parceiros envolvidos.

Refira-se que esta iniciativa é a continuidade de um projeto que arrancou no ano letivo anterior e que foi adaptado ao contexto de pandemia por COVID-19, no âmbito do qual as escolas promoveram debates sobre o papel das crianças e jovens na promoção da sua saúde e bem-estar, bem como das suas famílias, amigos e comunidade, durante a pandemia.

Consultar projeto Agenda da Juventude para a Saúde na Próxima Década 2020-2030